Jesus, És Digno de tudo o que sou, pois de Ti vem o meu sucesso, para Ti é a minha vida. És o grande Rei. És incomparável, és tremendo entre os povos. Celebrarei louvores a Ti Senhor. Sou grata por tudo o que tens feito em minha vida. Hoje falo contigo e consigo sentir Sua presença ao meu lado, pois És meu Pai, meu Rei e meu Mestre. Te amo, Senhor. Acima de todos.

De sua filha, Flávia.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Descansando a mente com o artesanato

A prática de atividades esportivas tão recomendadas pelos médicos, servem para aliviar o corpo da rotina diária e manter a saúde. Da mesma forma, o artesanato, pode ser praticado como forma de relaxamento e estímulo mental. Até porque, se a mente não está bem, o corpo também não.

Por isso, Ana Luisa faz diversos produtos, desde o crochê até o feltro: "Acho que enquanto a gente mede a linha, conta os pontos, copia um desenho... você ocupa a sua cabeça com coisas simples e ajuda a liberar os pensamentos chatos, pesados do dia-a-dia.", afirma.
Mais uma adepta à técnica do feltro na empresa onde trabalha, ela conta como aprendeu a costurar e fala sobre a sua paixão pelo teatro.

Perfil:
Ana Luisa Santiago Franceschi, 32 anos, Consultora de Negócios (formada em Administração de Empresas – MBA Marketing de Serviços)

Arte em Feltro: Quem ensinou a técnica do feltro? Como foi o aprendizado? Você já tinha feito outros produtos?
Ana Luisa: Quem ensinou foi a Lia, que trabalha comigo, aprendemos a fazer uma botinha para o papai noel.

AF: Como surgiu o artesanato na sua vida?
AL: Sempre estou fazendo alguma coisa, uma pena que não me sobra muito tempo para isso... gosto muito de fazer tricot e crochê também.

AF: Onde você busca as idéias para criar suas peças? Na internet, em revistas, livros fotográficos?
AL: Na internet e na minha imaginação...rs

AF: Que tipo de material utiliza? Geralmente, onde você compra estes materiais?
AL: Comprei feltro da última vez, em uma loja de tecidos em Pinheiros, na Mourato Coelho... mas não vale a pena... muito mais caro...

AF: O que sua família achou das peças que você já produziu? Já surgiu encomenda?
AL: Acharam fofas!!! Encomenda de feltros não... mesmo porque ainda me considero uma “iniciante” no assunto... mas de gorrinhos de crochê e cachecol de tricot já...

AF: Pretende se aperfeiçoar no artesanato com feltro e fazer cursos, por exemplo?
AL: Infelizmente não ando com tempo para fazer cursos extras... então... vou aprendendo fazendo... e trocando ideias com as minhas amigas que também fazem... e claro... de olho no blog da Flavia.

AF: O que sente ao presentear um amigo, alguém de sua família com algo que você fez? Qual a reação dessas pessoas?
AL: Eu acho que quando a gente da um presente que foi a gente que fez... é muito mais gratificante... pois o presente carrega a nossa energia, a nossa emoção... além de ser uma peça única, exclusiva e feita especialmente para a pessoa.

AF: Você compra artesanato periodicamente? Poderia indicar um lugar que visitou e gostou muito?
AL: Eu gostei muito do artesanato de Manaus... recentemente estive lá a trabalho e gostei muito das coisinhas que eles fazem... não costumo comprar muita coisa não... os últimos que eu comprei foram quadros, e comprei no interior em uma cidade chamada Porto ferreira, lá tem um centro de artesanatos e móveis muito legal! E os preços são ótimos...

AF: Sei que você ama teatro. Como e quando essa paixão surgiu na sua vida?
AL: Sim... amo sim... amo cinema também... tudo relacionado a arte... desde muito novinha estudei piano e no colégio, sempre que havia uma oportunidade, lá estava eu no palco... fazendo alguma peça ou alguma bagunça...rs Meus pais possuem uma vídeo-locadora e minha mãe foi professora de Eduacação Artística durante a minha infância.... deve ter vindo daí... a paixão pela interpretação...

AF: Quantas peças você participou? Fez quais cursos? Trabalhou com quem?
AL: Mas foi em 2004 que pela primeira vez eu entrei em um curso formal de teatro, ainda sem a pretensão de ser atriz... somente para conhecer. Como as correrias da vida, tive que escolher por fazer outras coisas e não concluí o curso. No ano passado, entrei novamente em um curso de teatro, dessa vez, intensivo, aula todas as noites. Ainda não me considero pronta para fazer uma peça inteira... por enquanto... fazemos as peças dentro da escola. Como trabalho o dia todo e estudo a noite... não teria tempo para me dedicar ao personagem, o tanto que ele merece!!! Em setembro do ano passado, fui convidada para participar de um filme... sim... um filme!!! Um curta metragem... meu primeiro trabalho profissional... eu interpreto a Lála... uma patricinha universitária, que vai com seus amigos para a praia e presenciam um terremoto.

AF: Qual foi a melhor peça que você já assistiu e qual foi a melhor que você participou?
AL: Acho que a mais bonita de todas foi Ensina-me a viver, com Gloria Menezes uma adaptação de um filme com o mesmo nome, onde uma senhora de 80 anos vive um romance com um garoto.

AF: E o melhor local para assistir uma peça, qual é? No Brasil e no exterior.
AL: De verdade, não acreito que haja essa diferença... o melhor lugar para assistir uma peça é aqui e agora... é onde você está... é onde você pode ir...

AF: O que significa o artesanato para você? O que o teatro significa na sua vida?
AL: O artesanato é uma forma de produzir alguma coisa, descansando a mente. Acho que enquanto a gente mede a linha, conta os pontos, copia um desenho... você ocupa a sua cabeça com coisas simples e ajuda a liberar os pensamentos chatos, pesados do dia-a-dia.
O teatro está ainda como um sonho a ser realizado... e espero que em breve eu possa estar aqui, novamente nesse site, contando das conquistas que eu já tive!

Um comentário:

Aline Jessica disse...

Ótima entrevista!

O artesanato, apesar de ser subjugado nesse mundo de pessoas que correm pra alcançar o que nem elas mesmas sabem o que, é uma característica muito forte de nossa cultura e preservá-la é essencial para não perdermos nossa identidade.

Estão de parabéns pela iniciativa!

Valorize o Artesanato

Copyright © Ateliê Fofurinhas - Todos os direitos reservados
Design by Atelier Linda Lelê | Tecnologia Blogger