Jesus, És Digno de tudo o que sou, pois de Ti vem o meu sucesso, para Ti é a minha vida. És o grande Rei. És incomparável, és tremendo entre os povos. Celebrarei louvores a Ti Senhor. Sou grata por tudo o que tens feito em minha vida. Hoje falo contigo e consigo sentir Sua presença ao meu lado, pois És meu Pai, meu Rei e meu Mestre. Te amo, Senhor. Acima de todos.

De sua filha, Flávia.

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Artesanato é um estímulo à criatividade

É assim que Rosália Lopes, 28, define o artesanato e acresenta: “manda o stress embora, é arte!!”.

No local onde ela trabalha, muitas mulheres têm dedicado um pouco do tempo para produzir artesanato. Entre um atendimento e outro, elas fazem chaveirinhos, bichinhos, guirlandas, mobiles e diversos tipos de enfeites. O cliente pode gritar ao telefone, que elas nem se abalam. Realmente, o artesanato é uma terapia.

A Rosália aceitou conversar com a Equipe Arte em Feltro e falou sobre a sua paixão antiga pelo mundo do artesanato. Confira:

Arte em Feltro: O feltro tornou-se uma febre onde você trabalha. Inicialmente, você aprendeu com quem?
Rosália: Não fiz o curso que a Lia fez aqui, só fiquei sabendo depois que a febre já estava rolando. Chamei a Lia na minha mesa e em 5 minutos ela me deu as instruções.

AF: Por ter um filho pequeno, você se dedicou a criar produtos

infantis. É o que você mais gosta de fazer? O que você já fez para o seu filho?
R: Eu procuro fazer brinquedos educativos e que estimulam a criança. Já fiz dedoches com as vogais e de personagens, dados com bichinhos coloridos e até mesmo um livro de números com o personagem do Discovery Kids (o Doki), o Pedro adora!Também fiz duas botas de natal.

AF: E ele gosta de brincar com esse brinquedos? Ele demonstra algum tipo de preferência entre os que você fez ou aqueles que você comprou?

R: O livro que fiz está dentro dos brinquedos favoritos do Pedro.
AF: Ele te vê produzindo as peças e sabe que você fez especialmente para ele?
R: Ainda é muito pequeno para entender que foi especialmente para ele, procuro ainda não fazer perto dele pois ele quer brincar com os feltros e agulhas!!! Ai ai ai... Mas acredito que ele sente o carinho em cada peça que faço!

AF: Na sua opinião, esse tipo de brinquedo estimula a imaginação da criança? Tem função educativa?
R: Com certeza estimula, além de promover a interação da criança com os pais.

AF: E como é ver seu filho brincando com algo que você fez? Qual é a sensação?
R: Fico super feliz em saber que algo que eu mesma criei chama a atenção do meu pequeno e faz parte de seus brinquedos favoritos.

AF: Você faz outro tipo de artesanato? Quais?
R: Sim, faço decoupage e pintura em materias de MDF.

AF: Quais produtos utiliza?
R: Guardanapos de papel, tinturas, aplicações, feltro. Qualquer objeto pode virar um material, até mesmo pulseiras que já não uso mais podem ser utilizadas nas criações.

AF: De onde vem tanta inspiração? Sempre gostou de artesanato? Ou essa admiração começou com o feltro mesmo?
R: Desde pequena gosto de trabalhos manuais, com 7 anos comecei com pinturas à oleo em tela, também em vidros. Desde então gosto de aprender sobre artesanato.

AF: Sua produção é em pequena escala. Você produz para presentear seu filho, amigos e parentes. Já recebeu encomendas devido ao boca a boca?
R: Sim, já recebi pedidos, porém recusei devido a falta de tempo x quatidade solicitada.

AF: Gostaria de trabalhar só com artesanato, ou precisa dessa vida de escritório?
R: Com certeza gostaria de trabalhar só com artesanato, mas infelizmente é difícil se manter com este tipo de trabalho.

AF: Acha que é possível manter-se produzindo artesanato?
R: Até acho que é possível se manter, porém para a pessoa começar do zero e chegar até o momento de conseguir se manter é difícil, fazer seu nome no mercado.E artesanato não é um produto de necessidade, então qualquer “crise” pode afetar as vendas, acho que é a primeira coisa que as pessoas deixam de comprar.

AF: Você frequenta feiras de artesanato para fazer amizades com outros artesãos, ou até buscar novas idéias de produtos?
R: Geralmente procuro novidades na internet e através de revistas.

AF: O que você gostaria que as outras pessoas enxergassem em seus trabalhos? Quais qualidades?
R: Eu faço com muito carinho estas peças e penso sempre no impacto que o trabalho vai causar nas pessoas, gosto de ver a felicidade do meu filho em explorar as imagens do livrinho, gosto de ver meu sobrinho de 7 meses empolgado com as cores do cubo e do olhar de supresa de parentes qdo recebem algo feito por mim, e sentir deles que um presente feito à mão agradou muito mais do que um presente qualquer que comprei em uma loja.

AF: O que significa artesanato para você?
R: Para mim artesanato é um hobby, é uma maneira de estimular a criatividade, de mandar o stress embora, é arte!!

Um comentário:

Edil Pontes disse...

Oi linda passei p te deixar um braço e dizer q os tarbalhos estao maravilhoso e q eu tbem gostaria de viver só fazendo tarbçhos artesanais ,seria mto feliz ,mas tenho q pagar luz ,zgua,telefone e me alimnentar rsrsr
bjos
chauu
Edil Pontes

Valorize o Artesanato

Copyright © Ateliê Fofurinhas - Todos os direitos reservados
Design by Atelier Linda Lelê | Tecnologia Blogger