Jesus, És Digno de tudo o que sou, pois de Ti vem o meu sucesso, para Ti é a minha vida. És o grande Rei. És incomparável, és tremendo entre os povos. Celebrarei louvores a Ti Senhor. Sou grata por tudo o que tens feito em minha vida. Hoje falo contigo e consigo sentir Sua presença ao meu lado, pois És meu Pai, meu Rei e meu Mestre. Te amo, Senhor. Acima de todos.

De sua filha, Flávia.

segunda-feira, 30 de março de 2009

A lojinha dos Sonhos

“Para que a partir de hoje a família se transforme e o pai seja pelo menos o Universo e a mãe seja no mínimo a Terra.” Com esse lema a loja “Feito a Mão Brinquedos”, localizada na Rua Dr. João Maia, nº51, no bairro da Aclimação, traz consigo toda a magia de ser criança.

A Feito a Mão trabalha, como o próprio nome diz, com produtos artesanais. A loja traz todo tipo de brinquedo, desde educativos como quebra-cabeça (dos mais simples até os de 1.000 peças e em 3D), até os mais formais, como bonecas e cavalos de madeira. Todos artesanais. Produtos feitos com feltro também são destaques: dedoches, produtos voltados mais para as crianças pequenas por serem macios, como dados, bolas, etc.


A loja traz ainda roupas infantis pintadas à mão, ou feitas para a criança pintá-las, revelando o principal objetivo da Feito a Mão: o estímulo ao desenvolvimento das crianças de uma forma saudável, sem que estas percebam que ao brincarem, estão aprendendo.
Acreditamos que quando a criança pode brincar pelo simples prazer, entretenimento e curiosidade da atividade em si, sem esperar uma conseqüência desse ato (desenvolver determinadas habilidades, inteligência) esta se torna mais segura, saudável e feliz.” *
A Feito à mão Brinquedos traz além de seus lindos produtos, oficinas, ateliês, salas para atendimento psicoterapêutico, jogos, brinquedos, materiais artísticos, livros, cd’s e dvd’s. Também vende lembranças para festas, faz encomendas, e compra seus produtos de fornecedores trabalham com material artesanal.

Em visita à Feito a Mão, falamos com Luciana, dona da loja há 1 ano (a loja existe há 4).
Luciana é pedagoga e mãe de uma garotinha de 2 anos, que como não poderia deixar de ser, ama a loja.
Luciana considera importante estimular a criança, sua criatividade. Afirma que lojas de grande porte procuram vender a mercadoria e apenas isso, buscam o lucro. “Não que a Feito a Mão não tenha apelo mercadológico, mas, além disso, nós temos a preocupação de vender o que a criança, dependendo da sua idade, irá aproveitar e gostar, o que fará bem à ela. Pensamos que se o cliente comprar algo apenas por estar na moda ou achar ‘legal’ e a criança não gostar, não voltará a loja. Queremos manter a fidelidade”, declara.

A linda lojinha dos sonhos nos traz um clima de infância. Músicas infantis, atendentes sorridentes e atenciosas e a graciosa recepção de Kani, a dócil cachorra da casa, uma vira-lata adotada pela loja, que é a alegria da criançada, faz com que os visitantes voltem no tempo.
Eu não tive vontade de ir embora. Meu instinto maternal se aflorou. Se algum dia tiver um filho, quero que ele tenha esse tipo de divertimento, sadio.



*Trecho extraído do site Feito a Mão Brinquedos

quinta-feira, 26 de março de 2009

Perfil - Érica Fernandes

Por Flávia Cesário

Trabalho com a Érica há 4 anos. Desde o Natal de 2008, percebi que ela tem talento para o artesanato. Alguns dias antes da festa natalina, a nossa colega Lia Fujisawa, chegou em nosso departamento e mostrou uma novidade: uma bota de papai noel feita com feltro para colocar na porta produzida por ela. Uma espécie de guirlanda. Foi um sucesso!
A Érica se interessou e aprendeu a técnica. Desde então, ela cria diveros produtos. Um mais lindo que o outro.
Demos uma pausa em nossas atividades para conversar um pouco sobre o mundo do artesanato.

Nome completo, idade e profissão: Erica Fiorelini Fernandes, 31 anos, Turismóloga

Quando começou a produzir este tipo de artesanato? Quem te ensinou? Comecei no Natal de 2008 fazendo uma bota de feltro. Quem me ensinou foi uma amiga no trabalho.

Onde você compra os materias utilizados na produção do artesanato? Os materiais são comprados em lojas na 25 de Março que eu já conheço.

Qual é o material ou materiais básicos que utiliza em seus artesanatos? Uso feltro, linhas, cola quente, pedraria, fios, e o que mais a imaginação permitir. Depende do trabalho e do objetivo.

A produção dos seus trabalhos é um hobby? Pretende continuar nessa direção ou quem sabe até comercializa-los? Por enquanto, é hobby. Já comercializei alguns produtos, mas em pequena escala. Quem sabe no futuro?!

Destaque uma qualidade pela qual gostaria que fossem identificados seus artesanatos. Gostaria que fossem identificados pelo capricho.

Acredita que o produto que desenvolve te permite inovar e criar enquanto materiais e desenhos? Sim, acredito que sim. A partir de um desenho, eu consigo imaginar um quadro ou em uma bolsinha.

Percebe de maneira positiva que outras pessoas compartilhem desenhos e que estes sejam trabalhados artesanalmente em diferentes formatos e materiais? Sim, claro. Compartilhar é ótimo, pois as idéias fluem. Não vejo problema nisso!

O que acha da facilidade que a internet proporciona na divulgação gratuita do trabalho de diversos artesãos? A internet influencia no estilo de produção? No meu ponto de vista, é internet permite que você observe o trabalho de outras pessoas e posso desenvolver o seu próprio ou até pegar idéias.

O que significa o artesanato para você? Para mim, é uma terapia. Um momento de relaxamento. Além de ser uma óima forma de presentear as pessoas com algo que você fez. Acho importante isso e muito legal!

Quais são as técnicas e materiais favoritos? Em geral, gosto de decoupage em quadros e feltro. Não tenho uma técnica especifica. Eu apenas faço!

Segue abaixo alguns trabalhos da Erica:


Bolsa confeccionada para presentear a filha de uma amiga

Chaveiros que serão entregues como lembracinha de chá de bebê

Minha paixão pelo artesanato em feltro surgiu quando a Érica me ensinou a fazer a capinha do meu celular. Desde então, pesquiso moldes, pontos e idéias para começar a produzir outras coisas. E olha que eu nem sabia costurar um botão, heim?
Vendo tudo isso não dá vontade de aprender e fazer também?

quarta-feira, 25 de março de 2009

Curso - Feltro Manual


A Faculdade Santa Marcelina está com inscrições abertas para o curso Feltro Manual. As aulas serão ministradas pela designer Renata Porto todas as terças-feiras das 18h às 22h na unidade Perdizes.

O curso é indicado para profissionais de moda, designer, artes plásticas e artesãos. Durante as aulas, o aluno aprenderá a técnica de elaboração do feltro manual. O material que tem a característica de resistência e maleabilidade, possibilita a moldagem e criação de diversos tipos de produtos, como: sapatos, bolsas, flores, entre outros.

O aluno deverá levar os seguintes materiais: 300gr de lã não cardada colorida (cor a escolha do aluno) e agulha para feltrar.

Valor:
Matricula: R$ 40,00
Público em Geral = 2 x R$160,00
Comunidade Fasm = 2 x R$145,00
Período: 07 de abril a 5 de maio

Outras informações:

Extensão Universitária com Renata Porto
Informações sobre os cursos:
Email
(11) 3824-5800 ramais 856 / 863


Curriculum
Renata Porto é Designer Industrial formada pela FAAP. Exerce a atividade de designer de jóias em atelier próprio, tendo participado em exposições no Brasil, Portugal, França e Itália.

Fonte

terça-feira, 24 de março de 2009

Mega Artesanal

Galera, dos dias 01 a 05 de julho vai rolar no Centro de Exposições Imigrante a "Mega Artesanal", a melhor feira direcionada ao setor de artes e artesanato no Brasil.

Entre as atrações, o grupo "A Arte da Feltragem" , de Denise Meneghello, fala sobre a história dessa técnica, aborda acessórios e equipamentos fundamentais para a prática e ensina mais vinte projetos com feltro.

Os ingressos saem por R$ 8,00. Crianças menores de 12 anos não entram.
Outras informações:
WR São Paulo Feiras e Congressos
Tel.(11) 3722-3344 / 3721.3116

Informações para Imprensa:
Rosa Arrais Assessoria de Comunicação
Tels.: (11) 3672.3531 / 9931-7378
Patrícia Ártico (MTb 12.169)
Rosa Arrais (MTb 20.425)

quinta-feira, 19 de março de 2009

Arte no Orkut p. II

Só para complementar o post anterior, essas foram as bolsas que eu comprei...
Bolsa jeans com alça e fundo de algodão. Decorada por broche de pimenta em feltro

Bolsa confeccionada em tecido de algodão, forrada, com fechamento em zíper e decorada por uma flor de crochê

Bolsa de tecido emborrachado, forrada, com bolso interno e fechamento em zíper. Possui alça de lona


Tem muitas outras bolsas e coisas bonitinha...se interesou? vai lá: Fernanda Lott

terça-feira, 17 de março de 2009

Arte no Orkut

Por Bruna Souza

Um dia uma amiga do trabalho apareceu com uma linda bolsa jeans xadrez escuro, um modelo lindo e bem diferente. Perguntei "nossa, onde você comprou essa bolsa?!". E minha amiga me disse algo que naquele momento achei curioso, mas depois acabei percebendo que era uma grande idéia: "Comprei de uma garota que vende bolsas pelo Orkut. Veio lá de Goiás. Vou te passar o perfil dela".
Foi assim que conheci o trabalho de Fernanda Lott, 24 que reside em Goiânia (GO). Fernanda trabalha como professora de espanhol e nas suas horas vagas fabrica diversos produtos artesanais (entre eles as bolsas, que são lindas!).

Por e-mail, ela respondeu algumas perguntas do Arte em Feltro.

Desde quando fabrica bolsas?
Desde o primeiro semestre de 2008. Não tenho certeza, mas acredito que comecei em março.

Que outros tipos de produtos fabrica?
Artigos em feltro: chaveiros, capas para celular, tiaras, móbiles, etc...


Dá para ter uma renda boa com a venda desses produtos?
No meu caso não, pois faço esses trabalhos nas horas vagas - não me dedico exclusivamente a isso.

Comente um pouco sobre seus modelos exclusivos. Qual a importância da exclusividade como uma forma de valor agregado dos seus produtos.
Às vezes a exclusividade é positiva, pois as pessoas acham interessante adquirem um produto que não tem outro igual. Porém, muitas vezes, a exclusividade acaba encarecendo um pouco o seu produto, já que você não pode ter lucro em mais de uma peça. E outro lado negativo também é que às vezes você acaba não podendo atender o seu cliente quando ele quer o mesmo produto já vendido para outra pessoa.

Como foi a idéia de vender pelo orkut? É a única forma de venda? Apresenta bons resultados?
A idéia surgiu porque eu não tinha outro local de exposição dos produtos, não vendia em loja, então essa foi uma forma rápida e barata - já que não existe custo. No momento, é a única forma de venda sim. Cheguei a expor meus produtos numa loja, mas no momento vendo só pelo orkut e de boca a boca.

Sobre a criação da marca. Tem empresa registrada? Patente do nome kangoroo?
O nome Kangoroo surgiu devido ao fato de ser um animal que já “tem a sua bolsa”, fazendo assim uma comparação com o produto. Não existe patente - até porque isso exige um alto custo.

O uso do feltro nos produtos. Você utiliza esse material nas suas confecções? Qual material é mais versátil? Qual o mais fácil e o mais difícil para trabalhar?
Sim, uso feltro nas minhas criações. Não existe diferenciação de feltros - por isso não existe produto mais difícil ou mais fácil para se trabalhar.

Como e porque se interessou pelo artesanato?
Sempre gostei de comprar artesanatos. Acho um trabalho muito bonito e difícil de ser realizado - principalmente nos dias de hoje que ninguém tem tempo para isso. Não sabia desse meu dom, até que comecei a desenvolver as bolsas. Os outros produtos foram conseqüência.

Como e com quem aprendeu?
Por incrível que pareça, sozinha. Com as bolsas, tirava os moldes de umas antigas e sozinha ia cortando os tecidos. Não tenho máquina de costura, por isso tenho também a ajuda de costureiras. Já com os produtos de feltro também foi sozinha, vendo algumas outras peças já produzidas. Sempre tive facilidade com esses trabalhos manuais.

O investimento inicial foi muito alto?
Não. Meu custo inicial foi somente os gastos com tecidos, zíperes e outras peças importantes na fabricação de bolsas. Não sei precisar o valor correto, mas acredito não ter sido muito alto.

Precisa da ajuda de outras pessoas para produzir as bolsas e outros produtos?
Com as bolsas preciso de ajuda sim. Como não tenho máquina, sempre mando para as costureiras, as bolsas já modeladas e cortadas. Já os outros produtos eu confecciono sozinha. Se produzisse em larga escala, com certeza precisaria da ajuda de mais alguém.

Nota: Os preços das bolsas costumam variar entre R$40 e R$45. Já os outros produtos tem preços bem variados, sendo melhor consultá-los pelo link do perfil da Fernanda (abaixo). Lá, todos os produtos estão com seus preços. O pagamento é feito por depósito bancário já com o valor do envio acrescido.
Para conhecer o trabalho da Fernanda Lott, acesse.
Até mais!

A Páscoa está chegando!

Olá!

Para deixar a decoração da sua casa mais bonita e graciosa na Páscoa, publico algumas dicas de enfeites.

Dá até para complementar o presente. Você compra o ovo e junto uma lembracinha feita por você mesma. Não é o máximo?

* Enfeite de Porta

Este pode ser usado na porta do quarto do bebê, na sala de estar onde serão entregues as delícias desta época e onde mais sua imaginação permitir.


* Chaveiro

Este coelhinho pode se transformar em um chaveiro, basta usar um alfinete e uma argola. É uma idéia legal para a chave do carro. Não vai arranhar o plástico e nem fazer barulho enquanto você passeia na sua caranga!


* Coelhinho fofo

Este coelhinho vai ficar lindo em uma cesta com bombons e trufas! Aproveite a dica e solte a imaginação.



Beijos! :)

sexta-feira, 13 de março de 2009

Dicas de moda em feltro

Galerinha, olha só que boina em estilo colegial mais linda!



Essa e outras peças - de feltro e outros tecidos - podem ser encontradas na loja virtual San Doná. O site vende por varejo e atacado e as encomendas são entregues via Sedex ou Encomenda Simples.

Endereço do sítio. Acesse.

Fãs do estilinho "meiga e moderninha" vão se deliciar!!!

quinta-feira, 12 de março de 2009

Emprego

Olá, alunos do 7º Semestre de Jornalismo!

Precisamos de mais um integrante em nosso projeto!

Se você se identifica com o artesanato e quer contribuir com suas matérias no blog, por favor entre em contato!

Obrigada!

terça-feira, 10 de março de 2009

O artesanato e sua função educativa

Foto extraída da Galeria de fotos de SaraMota no Flickr (Tela 24x30 em acrílico com aplicações em feltro, tecidos e botões).

Sempre achei importante que as crianças exercitassem sua cordenação motora além do movimento dos polegares enquanto jogam Playstation. Não, não estou fazendo apologia ao Wii. Minha intenção vai mais além. A ativiade lúdica de criar algo, um brinquedo por exemplo, ou algo que simplesmente decore, ilustre, agregue valor a um produto mais simples, é uma idéia que deveria ser mais difundida entre os jovens.
No tempo dos nossos pais, principalmente se fossem pais como os meus, sem uma grande renda, a oferta de brinquedos não era tão grande quanto é hoje. Os meninos criavam suas próprias pipas e as meninas faziam as roupas para suas bonecas, muitas delas feitas de pano por suas avós. Além do próprio benefício de economizar alguns trocados ao escolher uma boneca artesanal ao invés daquela de porcelana da loja do centro, o enriquecimento criativo e motor gerado pela concepção da idéia do produto, sua produção - e alguns dedinhos furados pela agulha - e a graça de brincar com aquilo que se tenha criado não tem preço.
Considero esse o principal motivo para as crianças de hoje não darem muito valor aos seus pertences. Tudo chega muito fácil, fecham-se os olhos e a boneca perfeita está embrulhada em uma grande caixa brilhante com um laço cor de rosa. Do mesmo jeito que chegou rápido, sem esforço, perde a graça e é descartado, também sem grandes esforços.
Sem entrar no lado da questão do consumismo do assunto, acho bem bacana a idéia de incentivar as crianças a usarem sua imaginação para criar seus brinquedos. E se você for uma analfabeta artesanal como eu, vale ficar de olho no nosso blog para dicas de oficinas nas quais você poderá levar os pequenos. E quem sabe até se aventurar no mundo mágico do artesanato!

Cubo para quarto de bebê

Olá!

O cubo é uma sugestão da Rosalia Lopes, minha colega de trabalho. Ela confeccionou um cubo como este para enfeitar o quarto de seu filho. Todo mundo adorou! Realmente é muito fofo e deixa o quarto do bebê mais alegre. E o melhor: é super fácil de fazer.

Você pode utilizar diversas figuras. Neste exemplo, foram utilizados moldes de galinha, peixinho e patinho.


Será necessário feltro de diversas cores e manta acrilíca com densidade média para preenchimento do cubo e linhas de diversas cores para costurar os bichinhos.

O ponto de costura para os animais é o de aplicação:




Para costurar o cubo, você pode utilizar o ponto caseado:








Fonte das imagens: Moldes na Ponta da Agulha

Espero que gostem!


Beijos! :)

terça-feira, 3 de março de 2009

Site

No site da Editora Minuano você pode comprar kits de revistas sobre artesanato em feltro. O link é: Editora Minuano

Para quem não encontrou as revistas mencionadas no post anterior em bancas de jornais é uma ótima opção.

Beijos!

Valorize o Artesanato

Copyright © Ateliê Fofurinhas - Todos os direitos reservados
Design by Atelier Linda Lelê | Tecnologia Blogger