Jesus, És Digno de tudo o que sou, pois de Ti vem o meu sucesso, para Ti é a minha vida. És o grande Rei. És incomparável, és tremendo entre os povos. Celebrarei louvores a Ti Senhor. Sou grata por tudo o que tens feito em minha vida. Hoje falo contigo e consigo sentir Sua presença ao meu lado, pois És meu Pai, meu Rei e meu Mestre. Te amo, Senhor. Acima de todos.

De sua filha, Flávia.

sábado, 30 de maio de 2009

História de Embu das Artes

Por Loren Lopes
A vocação artística da cidade começou em 1937 quando Cássio M'Boy, santeiro de Embu, ganhou o Primeiro Grande Prêmio na Exposição Internacional de Artes Técnicas em Paris. Cássio foi professor de vários artistas e recebia em sua casa artista do Movimento Moderno de 1922 e das artes de São Paulo, incluindo Anita Malfatti, Oswaldo de Andrade, Alfredo Volpi e Yoshio Takaoka.
Cássio M'Boy seguiu-se Sakai de Embu, que começou por ser discípulo de Cássio e veio a ser reconhecido internacionalmente como um dos grandes ceramistas-escultores brasileiros. Sakai e um grupo de artistas plásticos.
A tradição artística da cidade institucionaliza-se e ganha projecção dentro e fora do Brasil em 1964, com o 1º Salão das Artes. Paralelamente, a partir dos finais dos anos 60, a cidade passa a pólo de atracção para hippies, que expõem os seus trabalhos de artesanato todos os fins de semana, dando origem à Feira de Artes e Artesanato, que se realiza todos os fins de semana desde 1969 e que é um dos principais motores da projecção turística da cidade.
A feira funciona aos sábados, domingos e feriados das 9:00h ás 18:00h, e conta com diversos expositores que trazem para o público diversas novidades em alimentação, artes plásticas, artesanatos, culturas, tradições e a feira verde com muitas opções de plantas e flores. Vale à pena visitar.

Nenhum comentário:

Valorize o Artesanato

Copyright © Ateliê Fofurinhas - Todos os direitos reservados
Design by Atelier Linda Lelê | Tecnologia Blogger