Jesus, És Digno de tudo o que sou, pois de Ti vem o meu sucesso, para Ti é a minha vida. És o grande Rei. És incomparável, és tremendo entre os povos. Celebrarei louvores a Ti Senhor. Sou grata por tudo o que tens feito em minha vida. Hoje falo contigo e consigo sentir Sua presença ao meu lado, pois És meu Pai, meu Rei e meu Mestre. Te amo, Senhor. Acima de todos.

De sua filha, Flávia.

terça-feira, 10 de março de 2009

O artesanato e sua função educativa

Foto extraída da Galeria de fotos de SaraMota no Flickr (Tela 24x30 em acrílico com aplicações em feltro, tecidos e botões).

Sempre achei importante que as crianças exercitassem sua cordenação motora além do movimento dos polegares enquanto jogam Playstation. Não, não estou fazendo apologia ao Wii. Minha intenção vai mais além. A ativiade lúdica de criar algo, um brinquedo por exemplo, ou algo que simplesmente decore, ilustre, agregue valor a um produto mais simples, é uma idéia que deveria ser mais difundida entre os jovens.
No tempo dos nossos pais, principalmente se fossem pais como os meus, sem uma grande renda, a oferta de brinquedos não era tão grande quanto é hoje. Os meninos criavam suas próprias pipas e as meninas faziam as roupas para suas bonecas, muitas delas feitas de pano por suas avós. Além do próprio benefício de economizar alguns trocados ao escolher uma boneca artesanal ao invés daquela de porcelana da loja do centro, o enriquecimento criativo e motor gerado pela concepção da idéia do produto, sua produção - e alguns dedinhos furados pela agulha - e a graça de brincar com aquilo que se tenha criado não tem preço.
Considero esse o principal motivo para as crianças de hoje não darem muito valor aos seus pertences. Tudo chega muito fácil, fecham-se os olhos e a boneca perfeita está embrulhada em uma grande caixa brilhante com um laço cor de rosa. Do mesmo jeito que chegou rápido, sem esforço, perde a graça e é descartado, também sem grandes esforços.
Sem entrar no lado da questão do consumismo do assunto, acho bem bacana a idéia de incentivar as crianças a usarem sua imaginação para criar seus brinquedos. E se você for uma analfabeta artesanal como eu, vale ficar de olho no nosso blog para dicas de oficinas nas quais você poderá levar os pequenos. E quem sabe até se aventurar no mundo mágico do artesanato!

Um comentário:

Flávia Fabri Cesário disse...

Concordo com voce, Bruna.
Me lembro muito bem das aulas de Educacao Artistica no colegio. Eu adorava! Desenhava, pintava, criava brinquedos etinha incentivo dos meus pais!
Hoje, as criancas estao aprendendo a criar no computador. Sao exemplos disso, os minigames, as ilustracoes sofisticadas em programas de desenho digital e muito mais! A pratica ludica e de relacionamento com criancas esta cada vez mais escassa. Acredito que por este motivo, cada vez mais elas se fecham em seus mundos. Sao extremamente inteligentes, porem nao possuem aquela agilidade e facilidade de se relacionar com outras criancas, como antigamente.
Beijos!

Valorize o Artesanato

Copyright © Ateliê Fofurinhas - Todos os direitos reservados
Design by Atelier Linda Lelê | Tecnologia Blogger